Interessado na Plataforma?

Telemedicina aplicada a pediatria e psicologia

Interessado na Plataforma?

Telemedicina aplicada a pediatria e psicologia

Compartilhe essa Publicação

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email

Telemedicina aplicada a pediatria e psicologia

A telemedicina foi aprovada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) na década de 1990 e modernizada ao longo dos anos. Com uso de softwares e plataformas digitais, a ferramenta viabiliza o encontro remoto entre profissionais da saúde e seus pacientes. Além das consultas, é possível realizar, por exemplo, agendamentos e acompanhamentos de exames.

Apesar de ser utilizada em diversos países, no Brasil, a regulamentação aconteceu recentemente. Em abril de 2020, o presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que autoriza as consultas médicas virtuais durante o período de isolamento social — medida adotada para frear o contágio por Covid-19. 

Por isso, é preciso estar atento às regras. Não são todas as áreas da saúde que podem atuar à distância, e aqueles profissionais que optarem pelo uso dessas plataformas devem passar por programas de capacitação. 

Neste artigo, vamos falar dos benefícios da teleconsulta e também de algumas particularidades do atendimento remoto aplicado à pediatria e à psicologia. Continue a leitura para saber mais sobre o tema.

Benefícios da Telemedicina

A telemedicina está revolucionando a área médica e traz benefícios para todos os envolvidos:

• pessoas em situação de urgência e sem condições de deslocamento podem contar com o suporte da teleconsulta — acelerando diagnósticos e abreviando o tempo para orientações de emergência;

• o serviço pode chegar até pacientes que vivem em regiões afastadas e carentes de serviços de saúde;

• o ambiente digital aproxima as pessoas mais jovens, já acostumadas a realizarem as suas atividades online;

• os dados são armazenados em nuvem e ficam em um local seguro da internet por pelo menos 20 anos — o que possibilita o acompanhamento do histórico detalhado do paciente;

• os laudos são disponibilizados na plataforma digital, proporcionando agilidade na entrega e economia de tempo e recursos.

Telemedicina aplicada à pediatria

Na pediatria, a teleconsulta facilita o processo de anamnese, que é o momento em que o médico conversa com os pais para entender os sintomas, fazer o primeiro diagnóstico e até mesmo prescrever a receita digital. Casos leves como, por exemplo, dor de garganta, alergias de pele e diarreias são tratados e acompanhados sem a necessidade de exames físicos.

No entanto, em alguns casos, a orientação do médico será o comparecimento ao consultório ou ao pronto socorro.

Telemedicina aplicada à psicologia

O Conselho Federal de Psicologia já autoriza as teleconsultas desde 2018 — apesar da prática remota acontecer há muito tempo quando paciente e terapeuta estão distantes. Os teleatendimentos, é claro, ficaram ainda mais frequentes com a chegada do novo coronavírus ao país. Isso se deve não só por causa da distância provocada pela imposição da quarentena, mas também pelas consequências psicológicas geradas pelo medo da pandemia e da crise econômica.

Essas consultas remotas podem acontecer por chat, áudio ou videoconferência ou, ainda, intercalando esses modelos. O terapeuta que opta por esse formato de  atendimento, precisa se cadastrar no e-Psi — órgão que autoriza o atendimento remoto. Uma das exigências é que o profissional demonstre como será mantida a confidencialidade dos dados dos clientes.

A telemedicina já era uma tendência porque elimina barreiras entre médicos e pacientes, além de apresentar ótimos resultados nos países em que o serviço é regulamentado. Só que a pandemia acelerou esse processo no mundo todo, inclusive no Brasil. Apesar da regulamentação ser por tempo determinado, a expectativa é que a prática siga autorizada após a crise. O uso dessa tecnologia deve ajudar a combater os gargalos na saúde em um país com dimensões continentais. Os benefícios já estão sendo comprovados e os investimentos no setor crescendo rapidamente.

Precisa de ajuda para oferecer serviços de Telemedicina de ponta? Preencha o formulário para entrarmos em contato!

Compartilhe essa Publicação

Share on linkedin
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email