Fundadora e Presidente da Dr. TIS visita parceiros no Rio Grande do Sul

Fundadora da Dr. TIS visita parceiros no Rio Grande do Sul

Jihan Zoghbi encontrou os dirigentes do Hospital Moinhos de Vento, Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre e Centro Clínico Gaúcho

O mês de maio foi marcado pelo encontro da fundadora e Presidente da Dr. TIS, Jihan Zoghbi, com representantes de instituições de saúde do Rio Grande do Sul que utilizam a Plataforma de Telemedicina. O Hospital Moinhos de Vento, a Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre e o Centro Clínico Gaúcho operam o serviço desde o início da pandemia, registrando alto volume de teleatendimentos em 2020.

O primeiro evento aconteceu no Hospital Moinhos de Vento — o segundo melhor hospital do Brasil, de acordo com a revista Newsweek —, que inaugurou o Centro de Inovação Atrion. O objetivo do novo espaço é fomentar o ecossistema de inovação e transformar o setor da saúde com soluções de alto impacto. “A inovação está democratizando o acesso à medicina no país — caminho que o Hospital Moinhos de Vento percorre há alguns anos e o faz, agora, em momento de pandemia, com tanta autoridade e competência. A instituição de saúde é um selo de qualidade, uma das mais respeitadas no país e reconhecida internacionalmente. Merece nossos parabéns por esse trabalho que tanto acredito,” disse Jihan, ao saudar o superintendente executivo do Hospital Moinhos de Vento, Mohamed Parrini, e o presidente da Associação Hospitalar Moinhos de Vento, Eduardo Bier. 

Na oportunidade, a CEO entregou placas em homenagem à instituição, destacando o número de atendimentos por telemedicina. Em 2020, o Hospital Moinhos de Vento foi o cliente que mais realizou consultas à distância pela plataforma Dr. TIS. Do início da pandemia até agora — foram mais de 60 mil teleatendimentos. 

Superintendente executivo do Hospital Moinhos de Vento, Mohamed Parrini, residente da Dr. TIS, Jihan Zoghbi e o presidente da Associação Hospitalar Moinhos de Vento, Eduardo Bier

Os números registrados pela Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre também foram destaque, especialmente se considerado que o atendimento médico à distância realizado pela instituição é focado em pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS) — além do público interno. Um dado registrado em 2020 comprova a eficiência da telemedicina praticada com ética: 98% daqueles que fizeram teleconsulta não precisaram de atendimento presencial pela Santa Casa. Em um ano (de abril de 2020 a abril de 2021), o complexo hospitalar fez mais de 42 mil teleatendimentos com a ferramenta da Dr. TIS.  “O trabalho da Santa Casa com o SUS orgulha a parceria que estabelecemos desde a chegada do novo coronavírus ao país”, falou Jihan, ao encontrar os dirigentes da instituição — o diretor administrativo, Jader Pires; o provedor do hospital, Alfredo Guilherme Englert; o diretor-geral, Júlio Flávio Dornelles de Matos; e a coordenadora de Ensino e Pesquisa, Roberta Almeida.

Santa Casa de Misericórdia de Porto Alegre

Entre as operadoras de saúde, o Centro Clínico Gaúcho (CCG) foi o primeiro do ranking no número de atendimentos por telemedicina em 2020. “O CCG Saúde foi o primeiro cliente da Dr. TIS. Eu fico muito feliz pela oportunidade de entregar essa placa em homenagem ao diretor médico da instituição, doutor Francisco Antônio Santa Helena, e à coordenadora médica, Dra. Júlia De La Puerta, nossos parceiros desde a integração da plataforma”, comemorou Jihan.

Centro Clínico Gaúcho (CCG)

(Fotos: Lucas Dalfrancis/Critério)

publicado
Categorizado como Blog

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *